O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Relações com Tesão. E Química




Nada como um texto que encerre o ano e fale sobre aquilo que todos buscam desesperadamente, na vida adulta e sadia: ele. O SENHOR TESÃO.

Fala-se por aí que tesão é necessário para a vida. E é.

Mas o tesão que falo aqui, desculpe para quem não aguenta o tranco, é o TESÃO. Aquele mesmo. Que todos em algum momento da vida, devem ter sentido. Falando ou não falando disso, sim, um dia, ele esteve em sua vida. Espero que para sempre. Uhuhu! Mas e aí, e tesão é o mesmo que química?

Não, acho que não. Você pode ter tesão, e não rolar química. A química envolve recíproca. Envolvimento.

Química não se acha em toda esquina. Na real, nem sempre rola química com todo mundo. Mas o que é química?

Química é arrepio. É pele no pêlo.
É cheiro. Ligeiro. Urgente. Vigente.
Química deixa tonto. Tonta. Tira da casinha.
Literalmente. Incondicionalmente.
E te faz tirar o que rima com "inha"...
Faz você mudar. Transpirar. Misturar.
É cheiro que combina. E não se elimina.
E você acha que se acha assim, no ar?
Experimenta achar!
Faz a cabeça esquecer. E o corpo querer.
É deixar a marca, é querer pertencer. Ser. De.
Ser de quem se quer. E que também queira você.

Da internet, sites variados:

De forma prática, poderíamos descrever esse sentimento como "um conjunto de qualidades e características variadas que existe no outro e que passamos a admirar", segundo especialistas em relacionamento.

"Ter química com alguém é quando acontece uma atração imediata. Notamos isso ao sentirmos em nosso corpo algumas reações, como o coração batendo mais rápido, o gosto do beijo agradável, além de considerarmos a companhia do outro a melhor coisa do mundo", diz Letícia Guedes, psicóloga e membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental (ABPMC).

"A química ocorre quando um se sente bem ao lado do outro, há compreensão entre elas, a conversa flui de forma agradável, o humor é presente na relação e um sente falta de estar ao lado do outro", explica Thiago de Almeida, autor dos livros "Relacionamentos amorosos: o antes, o durante e o depois" e "Ciúme e suas consequências para os relacionamentos amorosos".

"É perfeitamente possível sentir uma forte sintonia com alguém e passar bons momentos ao lado dessa pessoa sem nunca ter a tal química com ela. Há ainda quem prefira relacionamentos mais controláveis e racionais. Porém, se você deseja ter experiências emocional e sexual mais poderosas, com certeza deve ficar com aquela pessoa com quem tem vontade de atirar contra a parede e trocar todos os fluídos a que tem direito", avalia a psicóloga Carla Cecarello.



E veja essa frase sensacional da Clarice Lispector:


Responsável, sim. Mas nem sempre para sempre





Sempre digo: por isso que uma opinião, é apenas uma opinião. Você pode concordar, ou não.


O PEQUENO PRÍNCIPE é um clássico da filosofia. Goste você ou não. Saint Exupéry é um grande filósofo, e o que ele escreve é ótimo e profundo, e tem como base análises que ele fez. Pontos a considerar.


Não sou uma admiradora da visão do Fábio de Melo. O que observo, é o quanto ele é bonito. Bonitinho. E o quanto gosta de ser. E ponto.


Não aprecio muito sua forma de conduzir sua liderança espiritual.



E a frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas", não é uma frase dita por carentes (como ele fala), na minha opinião. É uma frase que alerta de que não se deve seduzir simplesmente para contar vantagem ou sanar nossas próprias inseguranças.


Conquiste sim, novos empregos, pessoas, amores, amigos. Conquiste sempre, mas não simplesmente por conquistar. Conquiste sim, se você tem uma mínima intenção de manter. Não simplesmente para sentir-se mais viril, belo ou capaz de conquistar.


UM NOVO EMPREGO.



UM NOVO AMIGO.



UM NOVO ESPAÇO.



UM NOVO AMOR.



UM NOVO QUALQUER COISA EM SUA VIDA.



Se não tem capacidade de manter o que conquista, fique bem quietinho. Fique na sua. Mantenha-se exatamente onde está. E pare de reclamar do que já conquistou. Mas se conquistou... e se cansou disso... avise, fale. Não desapareça. Diga simplesmente: estou indo. Seguindo adiante. Seja claro. Clara. Seja verdadeiro. E não faça drama. Tudo pode ser definitivo ou não. Só depende de quem o vive. A verdade é sempre o melhor remédio.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Quatro Leis da Espiritualidade



De autor desconhecido, fonte de vários blogs budistas. Na Índia, são ensinadas “Quatro Leis da Espiritualidade”:
A primeira diz: "A pessoa que vem é a pessoa certa".
Ninguém entra em nossas vidas por acaso.
Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo conosco, têm algo para nos fazer aprender e evoluir em cada situação.
A segunda lei diz: "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido".
Nada, nada absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma.
Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse feito tal coisa..."
Ou "aconteceu que um outro ...". Não.
O que aconteceu foi tudo o que deveria ter acontecido, e foi para...
... aprendermos a lição e seguirmos em frente.
Todas e cada uma das situações que acontecem nas nossas vidas são perfeitas.
A terceira diz: "Toda vez que iniciares algo é o momento certo".
Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois.
Quando estamos prontos para iniciar algo novo nas nossas vidas, é que as coisas acontecem.
E a quarta e última afirma: "Quando algo termina, termina".
Simplesmente assim.
Se algo acabou nas nossas vidas é para a nossa evolução.
Por isso, é melhor sair, ir em frente e enriquecer-se com a experiência.
Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele veio à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

This is my essence




O próximo ano, 2016, será assim para Dóris Me. 
Crazy and definitive:


Sabe, 2015 foi um dos anos mais difíceis que passei. E ainda não terminou. Revi e refiz contatos com pessoas maravilhosas. Conheci outras muito legais.

Mas decepcionei-me também. Porque conheci o egoísmo na essência. Conheci o que nem de perto pensei que existisse. Talvez porque, apesar dos anos que carrego, sempre espero o melhor das pessoas. E enxergo isso. Mas quem não enxerga o seu próprio melhor, não pode sê-lo de verdade, não é? Então, como tê-lo? 

Escolhi mal. Equivoquei-me. Mas corri riscos. Como é de minha natureza intensa e verdadeira. Intensamente verdadeira. Adrenalizante Dóris. Mesmo quando não sou completa, sou adrenalina.

As questões profissionais, passaram por uma enorme mudança, que já vêm acontecendo a um tempo. E em 2016, novas definições surgirão. Precisam acontecer.

Foi um ano lento. Porém intenso por dentro. Adrenalina e mansidão. Necessidade de definição.

Sempre digo que as 3 piores dores que alguém pode passar na vida, em ordem (e não é dito somente por mim, é dito por muitos psicólogos, entre outros), são:

1 - A morte de alguém que amamos
2 - A separação de um amor ou sentimento romântico profundo
3 - Uma demissão ou perdas profissionais

Pois então. O ano não foi nada fácil. Por sorte ou questão de energias/destino/carma, não passei por um desses números. Mas mesmo assim, não foi um ano fácil. E farei de tudo para 2016 ser muito melhor. Muito melhor.

As previsões políticas e econômicas são pessimistas? Sim, mas não serão “PIORES PARA DORES (Dóris é com “i”, inseri com "e” para rimar)”.

Por isso, a primeira e a segunda imagem desse post definem o que buscarei em meu futuro. Que representam muitas coisas para mim.

A primeira dessas coisas, diz respeito a como tratarei o mundo e as pessoas. E em consequência, como me tratarei.

O novo ano representa esses desafios, para DÓRIS ME:


May the force be with you (Nós precisamos) = definições profis

Fugir, sempre que o sinal der sinal, de pessoas assim, não enxergar sempre o lado bom = construir relações sólidas

Definir espaços possíveis e transformar lugares nos melhores possíveis = e se possível, ir atrás do que nunca é impossível

Ser merecedora de quem merece = não precisa ser o Kelly Slater, tudo certo

Será um ano de definições profissionais, emocionais e logísticas. 
O novo ano, será o ano da fênix. Cansei de ser o não ser. 

Doce Novembro




"Vamos parar por aqui, assim teremos apenas lembranças boas do que vivemos."
Só que não. Veja o filme para entender.

Nunca entenderei porque as pessoas tentam efemerizar o que não precisa ser.
Efemerizado.


"Todos nós temos nossas máquinas do tempo. Algumas nos levam pra trás, são chamadas de memórias. Outras nos levam para frente, são chamadas sonhos." (Jeremy Irons)

E de bons passados, com boas marcas, de algo que podia ter sido e não foi, mas que deixou marcas eternas, muito se pode.

E faz tão bem! Nos faz sentir vivos... parte de outro ser. Um pedaço de nós. Tudo depende do quanto queremos. Mas nem sempre isso é visível. A todos.

Casal Tanquinho




Quem me conhece, amigos e amigas mais próximos...

... meus alunos e quem me curte, sabe que eu não considero naaaaaada estimulante pessoas que erram o português.

Mas eita, vamos lá:
1) Ok, esse post é engraçadinho, hehehe
2) Só que, cuida isso: tem muito barrigudinho errando prá caramba por aí
3) Tem muito intelectual escrevendo "menas", "agente" e "concerteza"
4) Um corpo cuidado é bonito, agradável e demonstra cuidados consigo mesmo (mas óbvio que não basta cuidar de si mesmo, tem que ter zelo por aqueles que se diz serem especiais em nossas vidas)
5) E se você emagrecer por alguém (do tipo, "quero ficar mais sarado prá ela")... menino! Isso não tem preço

E se tiver um tanquinho em um cérebro cabeção... ai... arrepia "o pêlo da pele"!

Então, em resumo, cuide-se SIM! Homens também nos encantam pela beleza, sim.

E ISSO NÃO TEM ABSOLUTAMENTE nada A VER COM FUTILIDADE.

Então, cabeção: que tal uma corridinha depois de ter um bom livro? E melhor ainda, juntos?

Casal unido no intelecto e na atividade física, é tão sexy... UHUHU!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

MenTIRANDO


Quando quiser alguma coisa ou alguém, queira de verdade. Outro alguém pode querer mais que você, e aí pode ser tarde demais.


Uma mentira pode salvar seu presente, mas condena seu futuro.
(Buda)

Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te.
(Friedrich Nietzsche)

Mais vale o erro em que se crê do que a realidade em que não se crê; pois não é o erro, e sim a mentira, o que mata a alma.
(Miguel Unamuno)

Assim como o mentiroso está condenado a não ser acreditado quando diz a verdade, é privilégio de quem goza de boa reputação ser acreditado mesmo quando mente.
(Miguel de Cervantes)

Por vezes a mentira exprime melhor do que a verdade aquilo que se passa na alma.
(Máximo Gorky)

As mentiras são muito amáveis, mas fictícias, deliciosas. Continue a dizer coisas amáveis ao seu amante e ele continuará a murmurar-lhe ao ouvido coisas amáveis, mas ocas.
(Osho)

Da internet:

Mentira é a afirmação de algo que se sabe ou suspeita ser falso; não contar a verdade ou negar o conhecimento sobre alguma coisa que é verdadeira. A mentira é o ato de mentir, enganar, iludir ou ludibriar.

O termo "mentira" é utilizado como uma oposição ao que é verdade, ou seja, a mentira é o antônimo da verdade. A pessoa acostumada a mentir é chamada de mentirosa, sendo que este adjetivo possui conotação pejorativa.

Contar uma mentira consiste em falar algo que não é verdade para alguém, com o intuito de que essa pessoa acredite. Mentir é sinônimo de enganar, além de ser uma das ações praticadas por quem possui intenções maliciosas em relação à outra. Por essas razões, a mentira é considerada um ato imoral ou criminal.

A mentira está presente diariamente na vida de todo o ser humano, que vive em convívio social. As mentiras podem ser classificadas em diferentes níveis, desde as "mentiras inofensivas", que possuem uma finalidade benevolente, até as mentiras que têm o objetivo de prejudicar a vida de outra pessoa, por vingança ou pura maldade.

No entanto, a mentira em excesso ou de forma compulsiva pode ser sinal de um transtorno psicológico chamado Mitomania.

Normalmente, a mentira nasce da necessidade do mentiroso em obter algum proveito ou se livrar de alguma situação que o incomode. O mentiroso compulsivo, por sua vez, não tem nenhum objetivo ao mentir, fazendo isso mesmo quando não está sobre pressão social. O mitomaníaco usa a mentira como uma ferramenta de consolo, pois assim sente-se mais satisfeito e calmo consigo mesmo, mascarando as suas angústias.

Entre os sinônimos mais utilizados para a palavra "mentira", estão: embair, enganar, engazupar, iludir, lograr e ludibriar.

Mentira tem perna curta: A famosa expressão popular "a mentira tem perna curta" significa que toda a mentira, mais cedo ou mais tarde, acaba por ser descoberta. 

Esta expressão serve como uma lição para as crianças de que não vale a pena contar mentir.

Dia da Mentira: O Dia da Mentira é comemorado mundialmente em 1º de Abril. Nesta data, as pessoas costumam contar mentiras ou armar situações falsas para enganar amigos, familiares e pessoas conhecidas com o intuito de se divertir.

Existem muitas suposições sobre como teria surgido o Dia da Mentira, mas a mais aceita é a de que a brincadeira começou na França em meados do século XVI.

Segundo a história, até o ano de 1564 o Ano Novo era comemorado no dia 25 de Março, sendo que as festas se estendiam até 1º de Abril. Com a instauração do calendário gregoriano pelo rei Carlos IX, o Ano Novo passou a ser celebrado em 1º de Janeiro. No entanto, muitas pessoas continuavam comemorando a entrada do novo ano na antiga data (25 de março a 1º de Abril).

Assim, as pessoas começaram a ridicularizar quem continuava a festejar o 1º de Abril como Ano Novo, pois estavam comemorando algo que não era verdade.




Existem muitas pessoas com garrafas vazias por aí.

Pessoas que matam pessoas (deletam, excluem, bloqueiam, FOGEM)





Sempre gostei de escrever. Escrever para mim, é terapia. Já devo ter falado sobre isso.

Tenho períodos que escrevo mais. Não sei o que determina isso, mas acho que quando estou no meu normal (triste ou feliz), escrevo mais. Independente do que esteja acontecendo em minha vida. Escrever é como lavar minha alma. É expressar o que sinto. E como sinto!

Nesse texto, disserto sobre gente. Estranha gente. Sabe, tenho encontrado muita gente psicopata social. Alguns casos que vivencio, outros que me contam. Ás vezes damos o nome para isso, nome não tão técnico, de “dedo podre”.

Ok, hello. Tem alertas prá isso. Você não é burrinha. Você apenas acha que... não é isso. Que não pode ser. Que é apenas uma impressão, vamos dar uma chance. Ok, ok, ok... Só que não. Seu instinto, que merda, estava certo. POR QUE, por Jesus (tadinho dele), você não ouviu seu instinto? Pare, agora! Ser enganada não é ser burra. É dar uma chance prá vida, P....! P.Q.P. !!!

Se não acreditarmos nunca, o que será da vida? Afinal, viver é um risco, né?

E essas pessoas magoam. Magoam. Magoam. Por isso, só com medicação, pessoa. Eu acho.

Ok, nem todo egoísta é psicopata. Mas desculpe, acho que todo psicopata, é egoísta.

Se você é da família, ajude, não largue. Afinal, por algum motivo cármico, você está perto. Mas sem parentesco, não envolva-se emocionalmente. Desculpa dizer. Mas não é fácil mesmo.

Mas saber como, né? Como saber? Ok, em algum momento, a máscara... cadê? Ah, ela cai, e como cai. E aí, minha amiga, meu amigo... cure-se. Cure-se. E cure-se. Vai doer, sim. Porque você criou expectativas. Quem não criaria com certas frases, atitudes, pequenos gestos e detalhes? Quem não criaria se você, de alguma maneira que nem você consegue explicar, passa a ter carinho, quer tipo... estar junto, compartilhar, quem sabe até, viver por um bom tempo e talvez por todo? Mas ei! Se perceber a verdade por trás do lindo olhar profundo, fofa, fofo... não dê desculpes para o egoísmo alheio.

QUEM GOSTA, FICA PERTO. DÁ UM JEITO. A VIDA NÃO É EMPECILHO PARA O QUE SE QUER. Só tem uma coisa que nos impede: o outro não querer.

Se essa pessoa não conseguiu enxergar o seu valor, a sua dedicação e o seu sentimento por menor que tenha sido o tempo, simplesmente, ela nunca vai perceber. E se não perceber, nunca vai lhe valorizar. Nunca vai retribuir, uai. Quer dar amor sem receber? Olha, bem bonito. Mas eu não consigo. Boa sorte.

O egoísmo, a falta de empatia, a “fazeção” de que “eu não tenho nada a ver com isso” são inacreditavelmente doídas. Podem até enlouquecer os outros. É impressionante observar o comportamento de alguém frio.

Senhor... ó querido Deus... lindão Deus amiguinho! Gente fria pode ser que seja bom só prá elas mesmas. Prefiro mil pessoas que “estouram” com coerência do que duas pessoas sem sentimentos. São uma dor prá quem convive. São em essência, MÁS. Pessoas más.

E nunca, nunca, NUNCA, menospreze o tempo de um sentimento. Quem disse que quem ama depois de um ano de convivência, merece mais atenção ou respeito daquele que tentou amar por um mês?

Quem disse que um amor gerado da convivência desde sei lá quando, tem maior relevância? Se alguém conseguir gostar muito de você em pouco tempo, nem sempre isso é carência. Ás vezes, pode ser sintonia de outras experiências, pode ser algo que você nem consiga explicar.

Mas no mínimo, respeite muito essa pessoa. Se ela enxergou algo de valor em você (talvez até algo que você próprio não veja), no mínimo, respeite muito essa pessoa.

E respeito é zelo. Se não sabe o que é zelo, pesquise no google, no dicionário, na vida.
  
E nunca seja um covarde dos sentimentos que você desperta nos outros. Despertou intencionalmente amor, paixão, tesão, carinho ou sei lá o que? Lembra do Pequeno Príncipe? "Tu te tornas eternamente........”. Você já sabe.


Aproveitando essa inspiração bucólica um tanto quanto depressiva, veja o que escrevi a respeito em meu blog sobre romances. Romances surreais, alguns podem ser esperados, desejados, outros, uma dolorosa decepção. Veja: http://bizarrosamores.blogspot.com.br/2015/12/o-leao-que-devorou-fenix.html



Gente má, não acabe com gente do bem. Se bem que... não adianta falar isso prá você. Porque você é desprovida, pessoa, de sentimentos. É GELADA. Como ser, é gelada, pessoa. GELADO. E vai seguir fazendo sempre as mesmas coisas só que com outros (as) personagens.

E GENTE BOA, aguenta o coração. Um dia, em algum lugar, em algum momento. Ele cura. Firmeza! E EI, EU SEI: TER QUE DESISTIR DO SENTIMENTO, de gostar, amar ou seja lá o que seja, é muito dolorido. É desistir de um pedaço de você.

Mas amar (no mínimo gostar) o que não lhe ama, NO WAY. Nem Jesus aconselha, viu? Deus, Buda, ou enfim, qualquer um dos grandões de cima. Não do amor que estou falando aqui. E Namastê!

Como seria bom se mais pessoas tivessem mais disso

E só prá entender o título: 
NUNCA delete, exclua, bloqueie ou fuja de alguém que um dia, você disse que no mínimo, era especial. Prá você.
Isso é o contrário da coragem.

sábado, 19 de dezembro de 2015

O gol é uma vitória da vida




Tem coisas que lhe acontecem, que lhe mudam. Marcam e mudam.
Coisas que você não consegue explicar. Estão além de sua visão. Ou não.
Que fazem você descobrir coisas sobre você, que não imaginava.
Ou sempre soube, sei lá. Que não fizeram seu limite chegar. Ou sim.
Na vida, como no jogo de equipes, não estamos sós. Não jogamos sós.
E nem sempre, somos nós aquele que faz o gol (como é mesmo o nome?).
Centroavante, né? Acho que sim. Meu entendimento de futebol é pouco.
Mas aprendo! Afinal, o que não se pode aprender quando se quer?
Só acho que ser a goleira, é demais para minhas habilidades.
Que tal a volante? Ela faz a ponte... parece que é, né?
Tá bom. Só não vale dizer que eu vou ser a treinadora. Não sou tão mandona, sou?
O que conta é que, com treino, mesmo que você não ganhe uma partida...
... você pode vencer o campeonato, né? Pode? Espero que sim.
A partida são os momentos da vida. O campeonato, É a vida.
A questão é: quem está na sua equipe? Quem é seu treinador...
... seu parceiro direto (o zagueiro que passa a bola para o centroavante, isso, né?)...
... quem são os das outras posições? E a torcida organizada?
Vida. Não se acerta sempre, mas se tenta. Algumas, se ganha. Mas a gente só desiste, quando chegou ao final. Desse ano.
Porque a vida segue. E o campeonato, recomeça. E COMEÇA. Um dia.

Sem trocar a equipe. Com os mesmos jogadores. Mais treinados.

Expectativas para quem tem sangue nas veias





Aceite duas verdades verdadeiras da vida:


1) Se você tem sangue nas veias, sempre vai criar expectativas (só psicopatas conseguem ser frios o tempo todo, porque não têm empatia)

2) As pessoas vão lhe decepcionar (algumas, mais de uma vez)

O que me estimulou a escrever? Um post de uma amiga, que diz: "Meu maior desafio para o próximo ano: não criar nenhuma expectativa. 
O que tiver que ser, será."

O que eu respondi? Veja: "Se souber como, me avisa! Infelizmente ou felizmente, criamos expectativas sempre... é de gente que é gente! Por isso, viva e solidifique-se sempre!"

A gente não quer sofrer, ok. Mas quem quer?

Nem por isso, deixe de acreditar. Em você e nas pessoas. Afinal, "dedo podre" nas escolhas da vida não pode ser uma característica. Pode ser uma circunstância.

É o que se espera.

A questão é: solidifique-se. Fique forte. Centralize-se.

A única lástima disso tudo, é que pessoas nos perdem, perdem nossa alma.

Isso acontece na vida pessoal e profissional.

Pessoas que de fato, não lhe valorizam. Empresas que não lhe valorizam.

Mas o importante, é você não perder-se de você mesmo. Que lhe façam sofrer. Que não zelem por você. Que nem sequer deem relevância para você.

Quer saber? Vai doer para você. Sempre dói. Mas lembre que tudo passa. Leva um pouco da gente. Mas passa. ITP.

A lástima é que Pessoas Físicas e Pessoas Jurídicas esquecem, quase sempre, dessa sábia frase de Saint Exupéry: Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas (do Pequeno Príncipe).

Cada vez mais, mais convicções pessoais: http://gshow.globo.com/webseries/vidas-alem-do-tempo/no-ar.html



EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email